fbpx

Saúde e Desenvolvimento Humano

O que engorda mais 500 calorias de carboidrato ou 500 calorias de gordura? 

Sempre me perguntam o que engorda mais, carboidrato ou gordura? E a resposta é, depende! Contudo leia até o final, pois a equação não é tão linear assim. Pois bem, são 500 calorias de um ou de outro, então teoricamente engordaria a mesma quantidade, não é? Pois é matemático, ou seja, se estiver em déficit calórico sem problemas, vai emagrecer. Ora se estivéssemos falando de um sistema físico tudo bem, 500 calorias são 500 calorias. Contudo estamos falando de um sistema biológico, assim, temos algumas variáveis, como por exemplo, reações metabólicas e hormonais. Apenas estes dois exemplos podem fazer você responder de forma diferente a depender do macronutriente.

Então o que engorda mais, carboidrato ou gordura?

Diante desta pergunta subentende-se que as calorias estejam em excesso para as suas necessidades e gastos. Contudo devemos pensar que é um superávit de um ou de outro. Ou seja, você está fazendo Low Carb e comendo mais gordura. Ou você está comendo com baixo teor de gordura e com mais carboidratos. Como disse, se fosse um sistema físico balizado por equações matemáticas seria simples. Inquestionavelmente os dois engordariam igualmente. Quiça fosse. Nossos problemas estariam resolvidos. Seria muito simples emagrecer, seu professor de matemática ou física faria umas continhas e pronto. Aplicaríamos a primeira lei da termodinâmica e seus problemas estariam resolvidos. E assim se pensou durante anos. Era, ou melhor, ainda é, para a maioria dos profissionais, uma lei, ou melhor ainda, é coisa de fé mesmo! Poucos ousam argumentar ao contrário, é uma heresia.

Mas em sistemas biológicos, como nós seres “Humanos”, as equações não são tão lineares. Ora nós não somos lineares. Nós podemos engordar por vários motivos.  Não apenas pelo pecado da gula ou mesmo pelo pecado da preguiça. O que quero dizer é, não é somente comer em excesso e não fazer exercícios as causas dessa pandemia de obesidade e doenças metabólicas. Mas e as calorias, são importantes? Sim, muito. Não somente mas também as reações metabólicas e bioquímicas, o equilíbrio hormonal, a genética, a epigenética, as doenças associadas, o estado emocional, o uso de fármacos e outros fatores. À principio a obesidade não é apenas desequilíbrio energético, não é apenas soma e subtração. Logo devemos ter um olhar mais amplo.

Em um sistema biológico o que impacta mais, carboidrato ou gordura?

Em um sistema biológico tudo impacta, as possibilidades são muitas, além de interagirem umas com as outras. Ambos os macronutrientes citados aqui, carboidratos e gorduras, são importantes. Veja que sem carboidratos sua tireoide converte menos T4 em T3. Esses hormônios são fundamentais para manter um metabolismo otimizado. E isso pode atrapalhar seu emagrecimento. Mas um excesso de carboidrato pode levá-lo a ter hiperinsulinemia e resistência insulínica, que também atrapalha. Aliás a insulina é um dos pontos mais importantes em emagrecimento. Olha que são apenas dois exemplos!

É só tirar carboidrato?

Devemos lembrar que em nutrologia se você tira algo, este algo deverá ser substituído por outra coisa. Pois devemos manter um mínimo necessário de calorias. E um dos segredos dos “Sete Magros do Tibete” é essa troca, ou mesmo não fazer trocas. Vou dar um exemplo, quando se restringe muito os carboidratos corre-se o risco de catabolismo muscular. Isso na tentativa de usar os aminoácidos do músculo para a síntese de glicose no fígado (gliconeogênese). E se houver déficit calórico importante em Low Carb, isso vai ocorrer mesmo. Então come-se mais gordura. Mas gordura não engorda? Sim pode engordar. Mas ficar sem músculos, esse tecido tão rico, garimpado dia a dia nas academias pode te engordar mais. Uai, mas você não disse que as calorias não são importantes? Não, não disse isso. Releia, leia outras postagens e siga as novas. Em resumo disse que não é o fator único e principal.

Mas e ai o que engorda mais, carboidrato ou gordura?

Veja este experimento. Sam Feltham fez uma dieta com baixo carboidrato e alta gordura (LCHF – low carb and high fat) por 3 semanas. Comeu quantidades enormes de comida, em média comia 5.794 calorias por dia. ATENÇÃO, sendo apenas 10% vindas de carboidratos. Se fossemos levar em conta apenas calorias e a matemática simples, ele deveria ter ganhado algo em torno de 7 a 8Kg. Mas pasmem, ele ganhou apenas 1,7Kg.

Veja este outro experimento. Morgan Spurlock fez uma dieta baseada em fast-food comeu todos os dias no McDonald’s. Era uma dieta alta em carboidrato e alta em gordura (HCHF – high carb and high fat). Fez isso por 30 dias, ou seja, 4 semanas. Era algo em torno de 5.000 calorias diárias. Bem similar ao experimento anterior não é?  Tanto em calorias como em duração. Mas Morgam ganhou 11Kg.  (veja o relato dos experimentos aqui).

Os dois comeram bem mais do que suas necessidades diárias, 5.000 calorias é muita coisa. Entretanto porque essa diferença. Antes dos porquês, veja que não é matemática. Não é “apenas” superávit ou déficit calórico. Os porquês vamos falando nas próximas postagens.

Vamos a resposta!

O que engorda mais, carboidrato ou gordura? Depende. Isso mesmo depende. Não fique triste, você pode emagrecer comendo até fast-food. Lógico que não é saudável, mas pode emagrecer. Mas tenha certeza, você sofrerá durante o processo devido a vários fatores. Já com uma alimentação com baixo carboidrato e com quantidades adequadas de boas gorduras, você não terá fome. Ainda comerá menos e dificilmente terá compulsão e falta de energia.

Enfim, na minha opinião, tanto pelas últimas evidências como pela prática pessoal, gordura tende a engordar menos.  Principalmente pelo baixo impacto nas reações metabólicas e hormonais. Por isso é uma ferramenta que uso no dia a dia para as pessoas que me procuram para ajudar. Veja bem, eu trabalho com pessoas sem patologias específicas mas que estão com sobrepeso ou mesmo obesas. E também com pessoas com várias patologias, entre elas diabetes. E ajudar pessoas com diabetes é uma de minhas missões nessa vida. E Low Carb é sim muito efetivo e duradouro.

Mas disso tudo gostaria que vocês entendessem que, além do balanço energético, que deve ser negativo quando se quer emagrecer, “as escolhas do que não comer são muito mais importantes”.

Se inscreva ai no blog e receba em seu e-mail um aviso quando tiver postagens novas! Ah! Siga-me no Facebook, Instagram e Youtube. Sempre tem dicas práticas por lá.

Bração procêis

Samy Zenun
Autor

Olá, sou o Samy Zenun, médico, especialista em pessoas. Hoje tenho como missão ajudar as pessoas a melhorarem sua saúde e qualidade de vida. Acredito que com pequenas mudanças de hábito e atitudes, todas as pessoas podem melhorar sua saúde física e emocional. Deixe seu comentário e inscreva seu melhor e-mail para receber dicas sobre medicina, saúde, desenvolvimento humano, ciência e espiritualidade.

2 Comentários

Escreva um comentário